18 de nov de 2011

Conforto

A vida é mesmo engraçada. Hoje, enquanto estava na universidade, um pensamento interessante me cativou por toda a tarde.  Observei por horas o quanto as pessoas prezam por serem percebidas. É como se estar no centro das atenções fosse o momento mais confortável de suas vidas. Sei lá. Talvez seja bobagem minha ficar pensando nessas coisas, até mesmo porque, quem não gosta de ser notado? Mesmo assim, no meu caso, acredito que o lugar onde eu melhor posso ficar confortável é dentro de mim mesma. Com meus pensamentos, minhas idéias, meus planos e sentimentos. Se eu souber como remanejá-los e administrá-los, creio que meu próprio corpo será meu conforto. Não que eu precise viver no escuro sem ninguém saber minha existência. Não é isso. É que, às vezes, o anonimato nos permite visibilidade interior. E isso sim é bom. Diga-se de passagem, muito bom.
Não sei se você vai conseguir construir algum pensamento baseado no que eu acabei de escrever mas, sei lá, a vida é mesmo engraçada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meus devaneios, você já leu... agora é sua vez de devanear :)