18 de set de 2010

Somos todos iguais por sermos todos diferentes


____Chega a ser impressionante o quanto existem frases clichês quando o assunto é conviver com diferenças. Publicitários que parecem compartillhar de um mesmo cérebro, "criam" slogans para falar sobre homossexualidade, deficientes e outros, que acabam sendo fincados na cabeça das pessoas.
____A verdade é que são poucos os capazes de compreender um sincero aceitamento das diferenças. Na natureza, é possível de se identificar inúmeras espécies, cada uma com sua característica e comportamento. Os seres humanos, que se dizem racionais, não conseguem identificar e aceitar essas diferenças no meio em que vivem. Cada indivíduo tem um cérebro. Cada um tem a sua vida. Chega a ser uma total falta de escrúpulos alguém tentar fazer com que o outro mude sua forma de viver apenas para se adequar ao que ele considera certo.
____Sem as diferenças não haveria senso crítico, pois todos partilhariam das mesmas idéias e definições. Ninguém questionaria ou sequer buscaria fontes de pesquisa para encontrar a verdade. Mas que verdade? Se não houvessem as diferenças, não haveriam superações. O mundo seria uma monotonia e os seres humanos simples repetidores de conceitos.
____Mais do que conviver com as diferenças, é preciso aceitá-las e compreendê-las. O mundo quem faz são os humanos, que felizmente não são todos iguais. Uma pessoa só pode ser igual a outra pelo simples fato de serem, as duas, completamente diferentes.

Esse texto foi feito por mim hoje, enquanto treinava redações. Inspirada no tema da redação do Enem de 2007: "O desafio de se conviver com a difereça". Então, que nota você me daria se fosse me avaliar na redação?

8 comentários:

  1. Primeiro texto que leio e ja tenho que avaliar?
    \o/

    Acho que 80% da nota maxima...

    Não sei se é o q vc esperava mas foi o suficiente para eu clicar em seguir ali. ^^

    Eu tenho um blog, quando puder passa la e me segue tbm se gostar do que encontrar:

    http://codignolle.blogspot.com

    Meu Twitter, se vc tiver:

    https://twitter.com/guicodignolle

    o/

    ResponderExcluir
  2. Eu concordo completamente contigo, todo mundo é igual por ser diferente e isso ninguém muda e a graça está aí mesmo, em ser diferente. Se fôssemos todos iguais o mundo seria um caos, talvez até pior que já é.
    Você dissertou muito bem e manteve o foco do tema no seu texto, qual a nota mais alta que eu posso te dar? Pensa aí porque é essa que você merece.

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  3. Oi Rebeca:
    sobre diferenças, fica a dica do animaçao mary e max...vc vai adorar. Assisti ontem, e um banho de água gelada, refresca as ideias.

    Sua redaçao esta legal, mas cuide a repetiçao de palavras, principalmente se elas forem de uso informal, como "chega", para iniciar idéias. E a introduçao: sempre é bom já revelarmos sobre o que vai tratar o corpo do texto já nela, assim o leitor já sabe o que esperar.
    Mas a crítica esta muito bem feita e argumentada. Nao sei quantas linhas sao permitidas, mas se puder desenvolver mais o texto, ficaria nota 10, mas pelas coisas que li, daria um 8..
    nao leve para o lado pessoal,é uma critica construtiva, pois argumentos vc tem.


    bjs

    ResponderExcluir
  4. A ideia do texto tá muito boa, eu só mudaria um pouco o primeiro parágrafo... o deixaria mais rico em informções. No geral, um texto bacana, digno de aprovação no vestibular.

    Qd é a prova?

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Com certeza iria subir várias posições depois da redação... Algumas falhas técnicas, mas na essência está ótimo, parabéns. :D Retornou de vez ao blog?

    ResponderExcluir
  6. Fiz um blog novo http://www.eduardaacaze.blogspot.com *-* vê lá! beijos

    ResponderExcluir
  7. Considerando que escreves muito bem e conhecendo o tema da redação, me parece que voce explanou pouco sobre o foco central: o desafio.
    A dissertação é bem escrita, mas é comum demais. Não tem a marca RR, entendeu?
    Faltou corpo e objetividade.
    Já lí, neste teu blog, textos melhores.
    Tem que dar nota?

    ResponderExcluir

Meus devaneios, você já leu... agora é sua vez de devanear :)