14 de dez de 2009

Escrevi sobre o amor...

"Amor é quando é concedido participar um pouco mais. Amor é a grande desilusão de tudo mais. Amor é finalmente a pobreza. Amor é não ter inclusive amor. É a desilusão do que se pensava que era amor. Amor não é prêmio por isso não envaidece." (Clarice Lispector)

Gosto muito de falar sobre o amor. Antes, a uns 2 anos atrás, não era um tema de bom agrado a minha pessoa: sentia-me constrangida por nunca ter amado, e tempos depois por não ter sido correspondida.

Hoje, tentar entender o amor é como tentar explicar o canto dos pássaros, é querer saber porque o sol nasce todos os dias, brilha e depois se põe, sem querer usar a ciência como saída.

Amo um homem que me faz feliz, triste, ansiosa, desejada, alegre, raiventa, infinitudes. Amo um alguém que me faz viver. Não imagino-me sem ele, mas não digo que não conseguiria respirar sem sua presença em meu viver, não sou tão radical, acredito que sem ele, minha vida teria um vazio e eu passaria apenas a existir, e não mais viver.

Demorei muito para entender o amor e ainda não o sei completamente, nem pretendo saber. Pois a cada dia que passa, o sabor de aventura que esse sentimento deixa em meus lábios me faz querê-lo cada dia mais, loucamente e corajosamente.

O amor nos faz perder a noção, mas jamais devemos nos deixar guiar totalmente. Ele também é traiçoeiro, nos cega e quando menos esperamos, nos apulhá-la.

Por fim, meus pensamentos sobre o amor são eternamente alterados. Todos os dias penso de forma diferente. Há dias que o amor é uma bobagem, outros em que é simplesmente tudo.
Nada do que escrevo pode descrevê-lo a seus olhos. Só entenderá o amor aquele que conseguir descobrí-lo e o melhor: VIVÊ-LO.
Ps: Fiz esse texto no F5 - http://f5atualize.blogspot.com/ - Mas eu achei tão meigo que decidi postá-lo aqui também. O que acharam?
Abraços!

4 comentários:

  1. Realmente, quando se trata de amor, vários e vários textos aparecem, cada um de um jeito, cada um com sua história e sua opinião, talvez por isso seja tão bom falar de amor, podemos nos expressar como queremos (:

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto e o blog!*-*
    Seguindo! Bjos♥

    ResponderExcluir
  3. Disse tudo!
    Bom se todas as pessoas entendesem e sentisse esse sentimento de verdade.

    beijos querida -boas festas e um otimo ano novo.
    ate ano que vem

    fuiii...

    ResponderExcluir

Meus devaneios, você já leu... agora é sua vez de devanear :)