10 de nov de 2009

O livro da vez é...


Comecei a lê-lo hoje. Com mais de três milhões de exemplares vendidos nos Estados Unidos, O Guardião de Memórias é uma fascinante história sobre vidas paralelas, famílias separadas pelo destino, segredos do passado e o infinito poder do amor verdadeiro.
Sinopse:
Inverno de 1964. Uma violenta tempestade de neve obriga o Dr. David Henry a fazer o parto de seus filhos gêmeos. O menino, primeiro a nascer, é perfeitamente saudável, mas o médico logo reconhece na menina sinais da síndrome de Down. Guiado por um impulso irrefreável e por dolorosas lembranças do passado, Dr. Henry toma uma decisão que mudará para sempre a vida de todos e o assombrará até a morte: ele pede que sua enfermeira, Caroline, entregue a criança para adoção e diz à esposa que a menina não sobreviveu.
Tocada pela fragilidade do bebê, Caroline decide sair da cidade e criar Phoebe como sua própria filha. E Norah, a mãe, jamais consegue se recuperar do imenso vazio causado pela ausência da menina. A partir daí, uma intrincada trama de segredos, mentiras e traições se desenrola, abrindo feridas que nem o tempo será capaz de curar.
A força deste livro não está apenas em sua construção bem amarrada ou no realismo de seus personagens, mas, principalmente, na sua capacidade de envolver o leitor da primeira à última página. Com uma trama tensa e cheia de surpresas, O Guardião de Memórias vai emocionar e mostrar o profundo - e às vezes irreversível - poder de nossas escolhas.
Assim que acabar de lê-lo, postarei aqui algumas observações que farei.
Boa semana a todos!

5 comentários:

  1. Peguei, uma vez, esse livro na biblioteca da escola... Mas, quando o livro não me prende à história nas suas primeiras páginas, prefiro pegar outro. Foi o que aconteceu com esse ai... Espero que consiga terminar de lê-lo. õ/

    ResponderExcluir
  2. às vezes odeio minhas memórias, às vezes amo.






    abç

    GUts

    ResponderExcluir
  3. Não há coisa melhor do que passar uma tarde devorando um livro, curtindo pagina por pagina, histórias a fio *-*

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Parece interessante. Vou aguardar as suas impressões sobre o livro. Mas acho que essa história me é familiar. Talvez seja tipo uma contextualização de uma história antiga que eu li ou ouvi falar. Não sei.

    ResponderExcluir
  5. acho lindo esses livros já ouvi falar dele,mas nuca li,nessas ferias vou compra-lo.Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir

Meus devaneios, você já leu... agora é sua vez de devanear :)