27 de jun de 2010

Sobre coisas que eu sinto...

1. Transtorno
Sinto-me completamente transtornada por não conseguir me sobressair em momentos em que preciso ser forte. Não por vergonha de ser vista como alguém fraco e de fácil domínio, mas por me auto decepcionar, achando que sou de um jeito quando na verdade sou de outro.

2. Medo
Esse me corrói dia após dia. Já não consigo mais me focar em meus objetivos, justamente por medo de que eles nunca possam dar certo. Tento me esconder por trás de palavras que só fazem piorar a situação, tornando-se então numa "camuflagem frustrada". É horrível.

3. Indignação
Cara, é impressionante o meu talento de me meter em confusões. Por mais que eu queira contornar tudo, sempre acabo piorando. Costumo pensar antes de falar e agir, mas há momentos - e pessoas - em que é impossível de se fazer isso. A minha espontaniedade pode acabar me levando a falência, e isso me indigna, muito mesmo.

4. Solidão
É quem sempre acaba ficando comigo no final de tudo. Por mais que eu chore, grite, esperneie e chore de novo, eu nunca consegui encontrar ninguém na face da terra que pudesse me entender. Nem eu mesma me entendo. Nem sei porque estou fazendo esta postagem, acho que deve ser exatamente pela falta de alguém pra desabafar, alguém que goste de ouvir minhas asneiras e apenas sorria. A solidão as vezes é tão frustrante.

5. Esperança
Por mais difícil que pareça, eu ainda tenho fé. Talvez todo o problema esteja somente em mim e não nas pessoas, ou talvez não haja problema, e seja apenas eu dramatizando tudo mais uma vez. Mesmo que as vezes eu pense em jogar tudo pro ar e sumir do mapa, algo - ou alguém - sempre me faz querer continuar. É como se fosse um desafio, uma birra de querer saber até que ponto eu posso chegar. Já perdi as contas de quantas vezes jurei a mim mesma que iria mudar e nada foi feito. Não vou mais prometer nada, vou deixar acontecer e ter mais precaução. Ao contrário do que muitos dizem, a esperança não é a última que morre, é quem permanece até o fim aguardando o momento de nos confortar.

Acho que é isso, não tenho mais nada a acrescentar. Minha cabeça ultimamente anda nos ares! Queria agradecer as pessoas que me ofereceram selinhos, prometo que um dia postarei todos de uma vez e homenagearei cada um de vocês que me presenteiam com esses memes. Preciso por minha vida em ordem, tá tão complicado e tão fácil ao mesmo tempo...ah, deixa pra lá. Valeu ai pela visita :D

26 de jun de 2010

Diga-me você

O amor, de fato, pode acabar?

Tem muita gente que conheço precisando urgentemente de respostas.

24 de jun de 2010

Minta para mim


"Mentira é uma declaração feita por alguém que acredita 
ou suspeita que ela seja falsa, na expectativa de que 
os ouvintes ou leitores possam acreditar nela"


Falar sobre a mentira é complicado. Cada pessoa tem sua forma diferente de encará-la, com seus devidos pensamentos e argumentações. Mas não importa a definição que cada ser humano na face da terra dê para a mentira, ela sempre vai continuar sendo desleal, suja e descarada. Particularmente, eu nunca gostei da mentira. Não pelo fato de ter sido criada no meio evangélico, mas por saber que é algo que, um dia será descoberto e voltará para mim com suas devidas consequências.
Não me importo que as pessoas mintam umas para as outras. Isso vai do caráter de cada um, e eu não sou ninguém para julgar. O que me deixa indignada é quando alguém quer que eu minta. Seria hipocrisia se dissesse que nunca menti, já menti sim. Só que, diferente de muitas pessoas, minto mas não consigo sustentar a mentira por muito tempo.
Já perdi as contas de quantos "amigos" eu já perdi por falar a verdade. Isso mesmo, a verdade. Fico decepcionadamente triste de saber que as pessoas preferem sorrir com a mentira do que chorar com a verdade. Suponhamos que, de 20 pessoas que se diziam meus amigos, apenas 5 restaram, porque se dispuseram a ouvir a verdade, desde "- Não, sua roupa tá horrível" até outros patamares mais elevados.
Passou a ser uma característica minha. Pessoas já chegaram exigindo que eu mudasse se não iria acabar sozinha, alegando que meus próximos não precisam ouvir a verdade o tempo todo. Como assim? Eu jamais vou mentir para alguém apenas para agradá-lo, isso é o cúmulo do ridículo. Quem quiser mentir para mim, que minta. Mas eu não vou passar a mentir apenas para cultivar supostas amizades, até mesmo porque, alguém já me disse que, amigo que é amigo nos aceita como somos e nunca nos nega a verdade - por mais dolorida que seja.

Eu nem sei o que é que tá acontecendo com a minha vida ultimamente. Tô num turbilhão de nervos que eu acho que até Deus tá impressionado comigo. Brigas, abraços, beijos, ignorâncias, risadas... Tá tudo junto e misturado. Não tô nada feliz por perder um dia de aula por causa de um jogo de futebol, maaas... tudo bem. Obrigada a todos por estarem aqui, vocês são muito importantes, de verdade :D

21 de jun de 2010

É o coração quem manda


Você não escolhe alguém para amar. O coração é tão traiçoeiro que só faz o favor de nos comunicar que está amando depois que já está batento aceleradamente. Pode ser rico, pobre, feio, bonito, magro ou gordo, enfim... Nesse momento não há como existir pré-conceito ou algo do gênero. O mais engraçado é que, se passamos a amar alguém que em nossa concepção é absurdo, ficamos com raiva e queremos a todo preço que aquele sentimento acabe. Tolice. No fim das contas ele acaba aumentando mais e mais e, se você optar por reprimí-lo, mas tarde pode ser tornar uma ferida incurável. 
De certa forma, é melhor que seja assim. Talvez se tivéssemos a livre consciência para escolher quem amar, ficaríamos sozinhos por toda vida, já que ninguém nunca seria bom o suficiente. O coração não quer saber sua idade e nem a idade da outra pessoa. Não se importa com qual camada social você pertence nem se você está preparado ou não para amar. O coração se apaixona e pronto, te deixa sem opções para onde fugir. Não questione seu coração e nem tente fazê-lo mudar de ideia. Na maioria das vezes, mesmo parecendo absurdo a primeiro momento, ele nunca erra. E se ele escolheu alguém, você tem que acatar a decisão, amar e ser feliz. Fim de papo.

19 de jun de 2010

"Se tens um coração de ferro,

faça bom proveito. O meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia." (José Saramago)


18 de jun de 2010

A morte pode ser esclarecedora

Não é comum encontrarmos pessoas que gostem de velórios. Geralmente, quando morre alguém é momento de calar e tentar amenizar a dor da família, o que nem sempre dá certo. Lendo um livro de Augusto Cury, havia uma passagem que dizia que velórios deveriam servir para se alegrar lembrando de todas as coisas boas que vivemos com aquela pessoa que partiu. Mas é claro que não é isso que acontece, as pessoas ficam abaladas psicológicamente e algumas, até mesmo fisicamente. Quando morre alguém, temos a oportunidade de refletir sobre nossas próprias ações, afinal, poderia ser eu ou você dentro daquele caixão. Muitas pessoas mudam muito depois que perdem alguém que amam. Infelizmente o preço por essa alteração de comportamento é caro, mas como diz a bíblia, "Há tempo para tudo".

Oi gente. Escrevi esse micro post porque ontem, estive no velório de alguém que não era tão ligado a mim, mas que era muito importante para alguém que eu gosto muito. É realmente triste de ver pessoas tão abaladas frente a tal perca. Por ele ter morrido aos 30 e poucos anos, de ataque cardíaco fulminante, não houve tempo para despedidas. Resta apenas pedir a Deus que conforte o coração da família e dos amigos.

16 de jun de 2010

Conjugando

Eu esqueço com facilidade as coisas boas que acontecem, porque a ruins geralmente aparentam ser maiores que elas.
Tu esqueces o quanto eu me esforço para te fazer feliz, e num mínimo deslize pensas que estou prestes a desistir de tudo.
Ele esquece que passo todas as noites sonhando e imaginando nosso futuro, desejando sua presença junto a mim e chorando por medo de perdê-lo.
Nós esquecemos que somos todos seres humanos, aptos a acertar e errar, sujeitos a qualquer tentação e fracos diante a situações deveras difíceis.
Vós esqueceis que o mundo não é feito somente de perfeições. É humano errar, porém é mais que humano aprender com os erros.
Eles esquecem que situações difíceis e sofridas sempre irão existir. São elas que nos fazem crescer no real e nos capacitam para a longa estrada da vida.

Oi gente, tô numa semana deveras corrida mais vida de vestibulanda é assim mesmo! Espero que gostem do texto, o fiz com todo o carinho e sinceridade do meu coração. Queria mandar um mega beijo pro meu amor, que me faz sorrir mesmo estando sozinha, e me dá a oportunidade de executar a maior das artes: a de amar. Obrigada a todos pelos comentários, bjos! :*

14 de jun de 2010

Atire a primeira pedra

 Ela mentiu, fez o que não deveria fazer, descumpriu os padrões de beleza, falou o que não deveria. Julgue-a, fale mal, espalhe pela cidade, afinal você nunca precisou mentir, nunca fez nada de errado por querer saber qual a sensação de fazer o proibido. Você sempre seguiu os padrões de beleza, ela não. Aponte o dedo no meio da rua, olhe como se quisesse a crucificar. Você sempre fez TUDO certo, ela não. Você nunca perdeu o controle, nunca chorou de raiva, nunca quis explodir com ódio do mundo. Você sempre teve certeza do seu futuro, sempre conheceu pessoas fiéis e sinceras, nunca precisou dormir com medo do amanhã. Vamos lá, atire zilhões de más palavras nela. Apedreje-a. Desabafe o desafeto que você tem por ela. Você não é fraco, tem forças para aguentar tudo. Atire a primeira, a segunda e todas as demais. Olhe pra você, és totalmente o oposto dela. Se fazer tudo isso te fará melhor, faça. Mas não esqueça de uma coisa: Ela pode ter todas essas imperfeições, porque é um ser humano normal, e você não passa de um outro ser humano que vive preso num mundo de mentiras e fantasias egoístas. Talvez apareça quem a ajude a se recuperar de tantos erros, mas e você? Não se preocupe, você não morrerá sozinho. Teu ego e tua consciência te acompanharão até o último dia de sua perfeita vida.

Escrevi esse texto porque tô de saco cheio de certas pessoas que se acham as melhores criações do planeta. Se autonomeiam perfeitas e acham que podem fazer o que bem entendem. Chega, tá na hora dessa galera acordar pra vida e vê que não são nada disso que estavam pensando. Esse tipo de pensamento me enoja muito. Muito mesmo.

9 de jun de 2010

Someday we'll now ♪

 - Mandy Moore feat Jonathan Foreman


Ninety miles outside Chicago
Can’t stop driving I don’t know why
So many questions, I need an answer
Two years later you're still on my mind
Whatever happened to Amelia Earheart?
Who holds the stars up in the sky?

Is true love just once in a lifetime?
 Did the captain of the Titanic cry?

Chorus:

Oh, Someday we’ll know
If love can move a mountain
 Someday we’ll know
 Why the sky is blue
 Someday we’ll know
Why I wasn’t meant for you...
 Does anybody know the way to Atlantis?
Or what the wind says when she cries?
 I’m speeding by the place that I met you
 For the ninety-seventh time...Tonight

Chorus:

Someday we’ll know
 If love can move a mountain
 Someday we’ll know
 Why the sky is blue
Someday we’ll know
Why I wasn’t meant for you...
Yeah, Yeah, Yeah, Yeah

Someday we’ll know
 Why Samson loved Dalilah?
 One day I'll go
Dancing on the moon
Someday you’ll know
That I was the one for you....
 Open up the world

I bought a ticket to the end of the rainbow
 Watched the stars crash in the sea
 If I can ask God just one question
 Why aren’t you here with me tonight?

Oi. postei a letra desta música porque ela descreve perfeitamente meu estado de espírito hoje. Minhas dúvidas e meus sentimentos na voz de Mandy Moore e Jonathan Foreman. Para ouvi-la e ver sua tradução, clique aqui. Ah, as partes em destaque são as que mais expressam o que sinto.

7 de jun de 2010

É importante para mim

Dois anos e seis meses.
Acariciando, discutindo, rindo, beijando, brigando, brincando, cuidando, preocupando, amando...
O dia se foi e somente eu lembrei desta data hoje, talvez por completar mês e não ano. Mesmo assim é muito importante para mim. Obviamente não posto aqui mês após mês, mas hoje eu senti necessidade de mostrar a todos que eu sou 2 anos e 6 meses mais feliz por ter alguém em minha vida, que me faz querer sorrir e viver um dia a mais, apesar de todos os pesares - que sempre existirão.
Preciso dizer - mais uma vez - que te amo?

5 de jun de 2010

É tudo uma questão de escolha

- Isso não tem jeito! vou é desistir de tudo!
É comum ouvirmos algumas pessoas dizendo esse tipo de coisa. Seja por um problema familiar, algo no trabalho ou com os amigos. O ser humano sempre tem a tendência de complicar tudo. Na verdade, todas essas coisas não passam de uma questão de escolha. 
Um grande problema ou uma situação um pouco complicada pode ter diferentes formas de resolução, basta que a pessoa envolvida tenha uma mente forte e um tanto quanto madura o suficiente para tal feito. Se acontece algo ruim com alguém, essa pessoa deve analisar as formas de se sobressair e identificar as possíveis consequências, implicando assim a escolha certa.
Assim mesmo, algumas pessoas preferem simplesmente reclamar e não procuram soluções cabíveis, que as vezes podem estar bem a sua frente. E isso acaba afetanto o psicológico e acarretando outros problemas posteriores. Tudo isso, devido ao simples fato de não ter "esfriado" a cabeça no momento de tensão, e ter procurado a melhor saída.
Sempre há um caminho saudável em meio a situações críticas. Sempre.


Eu já tinha essa postagem feita em um pedaço de papel, não consigo muito bem lembrar em que situação da minha vida eu a escrevi, mas pelo visto foi em um momento de escolhas. Fim de semana tá ai, aproveitem! Obrigada por estarem aqui sempre! kisses :*

2 de jun de 2010

Deus existe?

Aonde quer que essa pergunta chegue, as respostas são inúmeras. Para algumas pessoas a existência de Deus é uma afronta ao real e visível, para outros é simplesmente a razão de tudo. É um assunto delicado, pois mexe com a fé das pessoas. Particularmente eu não gosto de discutir a respeito, mas esse vídeo me chamou a atenção. Assistam até o fim. 


1 de jun de 2010

Sim, as aparências enganam

 "Nem tudo que brilha é ouro" - Sábio aquele que acredita neste provérbio. Todo ser humano tem a tendência de acreditar no próximo facilmente. Infelizmente, na grande maioria das vezes, acabam se decepcionando. Essas decepções acontecem com mais frequência no período da adolescência. Período este em que os hormônios estão à flor da pele e os jovens se iludem facilmente com palavras e atitudes "bonitas".
Não se pode julgar a juventude hodierna por tal feito. Os verdadeiros "lobos" na vida das pessoas sempre aparecem em pele de "cordeiro". A primeiro momento, tudo é perfeito. Sorrisos, olhares, palavras... tudo parece se encaixar perfeitamente. Mais cedo ou mais tarde, a máscara acaba caindo. E quando cai, leva juntamente com ela dor, decepção e frustração. Sabendo disso, algumas pessoas - como eu - já evitam a confiança em excesso, o que acaba fazendo com que desconfiem de tudo e de todos.
Neste caso, a solução mais cabível seria o equilíbrio.  Talvez esse acabe tornando-se o remédio para que não ocorra danos maiores. A pessoa deve aprender a confiar desconfiando. Assim, em uma eventual decepção, a dor e o conformismo conviverão em harmonia dentro de seus corações.

Olá pessoas, tudo bom com vocês?! Eu tô muito feliz! Claro que, como ser humano, não estou livre dos problemas diários, mas informo-lhes que irei sobreviver. Como de praxe, só queria agradecer por estarem aqui. Qualquer coisa, tô de vez em quando lá no meu twitter, aparece por lá e segue a @rebecablogueira. Beijos!