26 de nov de 2009

Eita semaninha agitada!

É feira na escola, é família, é namorado, é prova, é trabalho, é igreja, é doença, é cansaço, é tanta coisa! uufaa --'
Essa semana tá me matando! Ainda bem que amanhã é sexta feira (e depois de domingo começa tudo de novo)
O importante é que, tudo isso que torna minha vida agitada, é o que eu gosto!
A propósito, tá chegando um dia mega especial pra mim! *-*
Depois passo aqui pra dizer o que é...
Bjs e bom restinho de semana! :*

25 de nov de 2009

Ah o amor, é... o AMOR.

Sentimento que nos faz passar por situações difíceis;
Razão de preocupação mesmo que seja com coisas mínimas;
Saudades infinitas de alguém que queríamos perto;
Coração batendo forte em cada simples abraços recebido;
Vontade louca de gritar aos quatro ventos tudo que você sente...
É assim que me sinto hoje.
E eu gosto disso :)

24 de nov de 2009

Estou amadurecendo?

Ultimamente tenho me sentido muito estranha (mais que o normal)
Coisas que antes eu fazia na maior naturalidade, agora sempre paro para pensar se aquilo me será proveitoso e se não me trará consequencias futuramente.
Não gosto de brincadeiras chatas, estou me afastando de pessoas vulgares. Procuro conversar com pessoas mais velhas ao invés de ficar "enchendo linguiça" com algumas pessoas da minha idade que só querem saber que curtir a tal de VIDA deles (que na verdade não pode ser chamada de vida ¬¬)
Tô ficando sem graça? Talvez. O que importa é que de alguma forma sinto que isso está me fazendo bem.
Reconheço que estou a menos de 2 meses dos meus 16 anos (ebaa \õ/) Ainda sou adolescente e tenho todo o direito do mundo de pirar. Porém abstenho-me desse "luxo", até mesmo porque sou serva de Deus e agora valorizarei mais os meus principios. Finalmente é a hora da verdade. Descobrirei os que estão comigo pelo que sou ou pelo que eu posso ser. Quem será que deve acreditar mais em mim, senão eu mesma?

21 de nov de 2009

Estou com medo.

É pertubador. É aguniante.
Não sei a razão, também pouco me importa.
Encontrei uma frase que se encaixa a minha atual situação:

"O medo derrota mais pessoas que qualquer outra coisa no mundo." (Ralph Waldo Emerson)

20 de nov de 2009

O ato de errar.


Todos erram: a maioria usa os erros para se destruir, a minoria usa para se construir.
Estes são os sábios.
(Augusto Cury)

18 de nov de 2009

Quem sou eu?

Adolescente tem essa mania, de ficar se perguntando quem é e o que vai ser quando "crescer".
As vezes os questionamentos são tantos que a gente até pira! aokspaoskpaokspaoks'
Hoje eu tive esse surto juvenil (mais uma vez), chegando em casa, navegando na internet, deparei-me com um pensamento de Clarice Lispector (sou muito fã dela), que disse com poucas palavras tudo que eu queria dizer a mim sobre mim. Deixo-vos suas sábias palavras:

"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo."


Ps: Sinceramente, era exatamente isso que eu queria dizer mas que não encontrava as palavras certas! No próximo surto eu conto mais pra vocês! Bjs!

17 de nov de 2009

É tempo de reconstruir.

Fim de ano está aí, a menos de 2 meses de distância.
As vezes paro e fico pensando em tudo que fiz, tudo que deixei de fazer e tudo que eu ainda quero fazer em 2009.
Pessoas que decepcionei, amigos que fiz, conquistas na vida escolar, espiritual e sentimental, tudo isso ocupa meu pensamento por horas, que dirá dias.
Em relação aos anos anteriores, 2009 foi um ano difícil, fui pressionada por todos os lados, a alguns consegui satisfazer, outros deixei a desejar. Compreendo que não posso viver em função das outras pessoas, mas também não posso me auto excluir, afinal eu não vivo sozinha nesse mundo (por mais que as vezes eu sinta que estou só).
É normal do ser humano fazer planos para o ano seguinte: dietas, estudos, namoro, trabalho, passeios, flexibilidade(...); tudo as pessoas prometem, porém dificilmente cumprem.
Não estou aqui para prometer nada, mas de antemão posso lhes afirmar que, de uma forma ou de outra, tenho que realizar mudanças em minha vida.
Manerar palavras, articular ações, pensar detalhadamente em cada decisão. É o melhor para mim, para as pessoas que amo e para as que eu ainda irei conhecer.
Há momentos em que tenho apenas vontade de gritar, sem dar explicações a ninguém.
Outros momentos que não tenho vontade de fazer nada, apenas ficar em silêncio e deixar o mundo explodir.
Reconheço que não posso resolver os problemas de todos, se nem sequer tenho facilidade em resolver os meus.
Para 2010, não prometerei nada de extraordinário, vou apenas pensar, falar e agir.


Um abraço a todos, e tenham uma ótima semana!

15 de nov de 2009

Estou ótima.

Bem, isso é apenas uma postagem de esclarecimento para o meu sumiço nos últimos 5 dias.
Estava sem internet.
Aos que prestaram atenção em minhas últimas postagens, esclareço-vos que já consegui por minha cabeça em ordem.
Sei o que quero e estou feliz assim.
Depois volto com mais novidades.
Boa semana a todos!

10 de nov de 2009

O livro da vez é...


Comecei a lê-lo hoje. Com mais de três milhões de exemplares vendidos nos Estados Unidos, O Guardião de Memórias é uma fascinante história sobre vidas paralelas, famílias separadas pelo destino, segredos do passado e o infinito poder do amor verdadeiro.
Sinopse:
Inverno de 1964. Uma violenta tempestade de neve obriga o Dr. David Henry a fazer o parto de seus filhos gêmeos. O menino, primeiro a nascer, é perfeitamente saudável, mas o médico logo reconhece na menina sinais da síndrome de Down. Guiado por um impulso irrefreável e por dolorosas lembranças do passado, Dr. Henry toma uma decisão que mudará para sempre a vida de todos e o assombrará até a morte: ele pede que sua enfermeira, Caroline, entregue a criança para adoção e diz à esposa que a menina não sobreviveu.
Tocada pela fragilidade do bebê, Caroline decide sair da cidade e criar Phoebe como sua própria filha. E Norah, a mãe, jamais consegue se recuperar do imenso vazio causado pela ausência da menina. A partir daí, uma intrincada trama de segredos, mentiras e traições se desenrola, abrindo feridas que nem o tempo será capaz de curar.
A força deste livro não está apenas em sua construção bem amarrada ou no realismo de seus personagens, mas, principalmente, na sua capacidade de envolver o leitor da primeira à última página. Com uma trama tensa e cheia de surpresas, O Guardião de Memórias vai emocionar e mostrar o profundo - e às vezes irreversível - poder de nossas escolhas.
Assim que acabar de lê-lo, postarei aqui algumas observações que farei.
Boa semana a todos!

9 de nov de 2009

A menina que roubava livros.

Finalmente consegui terminar.
Hoje, minhas pupilas puderam degustar o fim de "A menina que roubava livros".
A princípio, achei um livro chato, daqueles que não prendem a atenção do leitor. Depois pude ver, que é um ótimo livro. A história de Liesel Meminger me comoveu. Morte, esperança, amor, desprezo e palavras, foram as combinações perfeitas no desenrolar de uma trama em plena e contubarda Alemanha de Hitler e, permita-me confessar que não pude conter as lágrimas.
Recomendo este livro, e agradeço à minha professora Vanessa por ter me dado a oportunidade de lê-lo.
Após tudo isso, posso lhes afirmar uma única coisa, utilizando a última nota da narradora desta história:

"Os seres humanos me assombram."

5 de nov de 2009

O ataque das abelhas assassinas!

A escola onde estudo, hoje foi cenário de um filme de Hollywood. Por volta de umas 10 e 15, começam a se ouvir gritos vindos do fundo da escola. Um aluno desesperado e coberto de abelhas italianas passa por mim e pela minha amiga correndo no corredor da escola, seguido de mais alunos e, consequentemente, mais abelhas.
Foi um "sarárá" danado. Alunos correndo e gritando de um lado para outro, procurando abrigo nas salas de aula, que eram insuficientes, pois mesmo assim as abelhas invadiam. Eu fiquei horrorizada, pois ontem a noite mesmo, fui picada por um outro inseto e como sou alérgica, minha mão está completamente inchada. O portão da escola é aberto. Saimos correndo, alguns já ferrados, outros temendo o ferrão. Vi um amigo meu na entrada da escola no chão passando mal sem respirar, devido às ferradas. Outra aluna estava com o rosto desfigurado chorando como consequência do ataque.
Tudo isso por causa de quem? Alunos do 3º ou do 2º ano, não se sabe ao certo, que fizeram uma brincadeira de muito mal gosto e derrubaram a colméia, pondo em risco a vida dos alunos, principalmente dos alérgicos, como eu.
Os professores, nem da sala deles sairam, lá ficaram no ar condicionado, bem longe do terror.
Graças à Deus pudemos sair da escola, mas mesmo assim, devido às ferradas, a sequelas ficaram. Felizmente sai dessa ilesa, e minha alergia não entrou em ação. Amém! Porém amigos meus acabaram literalmente "se ferrando" com essa história.

Aí a gente pode ver até aonde uma brincadeira sem graça vai!
Sinceramente...

3 de nov de 2009

Eu e os meus "problemas"

Problemas. Esse é o xis da questão. Afinal, quem é que não tem os seus?
Fico enormemente impressionada com pessoas que não conseguem resolver seus próprios problemas (os mais bobos que você pode imaginar), e ainda por cima querem "enfiar" pessoas que não tem nada a ver com a história neles.
Para mim isso não passa de uma tentativa nada produtiva de chamar a atenção. Esse tipo de gente só pode ser reprimido pela família, e quando chega no convívio social, quer descontar em tudo e em todos.
Particularmente acredito que 15 anos de idade já o tempo suficiente de resolver seus problemas mas tolos.
Nada de pai, mãe, tio ou tia. Apenas você, você e o seu "problema".
Hoje mesmo, aconteceu um caso desses comigo. Para não me comprometer, prefiro não citar nomes, mas quem me conhece já sabe perfeitamente de quem se trata. A identificação é o que menos importa. O que importa é que, com tudo isso, tirei 4 grandes lições que levarei para o resto de minha vida:

• 1 • Jamais devo subestimar pessoas que penso serem inofensivas (elas são as piores);

• 2 • Medir tudo que falo é fundamental. As vezes uma simples frase pode se transformar, através da boca de terceiros, em fantásticas fábulas (mentira não tem idade nem tamanho).

• 3 • Sou mais controlada do que pensava. Jamais imaginei ter um auto-controle tão grande como o que tenho em momentos delicados como o que passei (e que momentos!).

• 4 • Nem criticar, nem elogiar, apenas IGNORAR. (esse será meu lema daqui para frente).


Por fim, quero desejar à todos uma ótima semana. Prometo que eu irei ter.
Abraços! :*

2 de nov de 2009

Feriado.

Em casa, sem nada pra fazer. Acho que vou tentar terminar de ler "A menina que roubava livros".
Bom feriado à todos, aproveitem que amanhã acaba a folga!

1 de nov de 2009

Um dos melhores blogs do Brasil

Meu blog foi simplesmente selecionado pelo Veja Blog na pessoa do Sr. Dário Dutra como um dos melhores blogs do Brasil!
Muito obrigada mesmo pelos elogios e por ter considerado meu espacinho um EXCELENTE BLOG!
Já pensei inúmeras vezes em desistir de escrever, mas sempre aparecem pessoas que me dão aquele apoio e que gostam dos meus textos. Sinto-me honrada com este prêmio, muito obrigada mesmo!
E é com muito e muito orgulho que eu posto esse selo LINDOO *-*



Confiram a lista de blogs selecionados, entre eles, o Confissões de Rebeca! -http://www.vejablog.com.br/blog_c_09/

Um bjão sorridente à todos!

Selinhos *-*

Gente! eu tô mega super feliz com os selinhos que eu ganhei! *-*
O primeiro, foi mais uma vez da minha amiga Jamylle {http://jamyllecarvalho.blogspot.com/}
vale a pena visitar o blog dela! *-* Obrigadinha flor!

Olha aqui o selinho *-*

O segundo e o terceiro, foi da gatíssima Thais Motta - http://thaistataziinha.blogspot.com/ - com um blog perfeito que eu estou seguindo e já recomendo a todos! *-*

Obrigadinha minhas flores! Vocês são lindas *-*

Olhem os selinhos:




Bem, indico os 3 selinhos fofos para 5 blogs que eu ADORO *-*
[Tem muitos outros que eu amo de paixão mais que não caberiam aqui, de tantos *-*]
Inconstante e borboleta - http://apenasteusorriso.blogspot.com/
*Não esqueçam de postar o selinho e por o meu lindo nome lá dizendo que tive a honra de oferecê-los à vocês, minhas flores! bjs